Screen Shot 2017-03-07 at 10.53.59

Nova York mapeou todas as suas árvores

Na avenida Sheffield, no Brooklyn, em Nova York, existe uma árvore da espécie Fraxinus (freixo, em português, ou ash, em inglês). Só ela retém 3,7 mil galões de água de chuva anualmente – e poupa aos cofres municipais, por ano, US$ 348 dólares ao reduzir a emissão de gases poluentes.

O freixo da avenida Sheffield é uma das 684,5 mil árvores mapeadas pelo NYC Parks, o departamento de parques e recreação da cidade de Nova York. Praticamente toda a vegetação da cidade está catalogada em um Mapa de Árvores online e interativo, que cataloga cada espécime e fornece informações sobre seu impacto ambiental e financeiro.

O mapeamento começou a ser feito em 2015 por 2.300 voluntários. Eles tiveram acesso a informações sobre a relação das árvores com o meio ambiente, suas características, influência das condições climáticas, procedimentos de tratamento, medições e quais os benefícios para a comunidade no entorno.

Leia a matéria no Nexo