Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Porque o bambu está com a corda toda

Sabe aquela história de que menos é mais? O designer Stefan Diez, residente na Alemanha, deu exemplo disso em um evento japonês. Ele criou mobiliários com bambu, uma matéria-prima local abundante, e acrescentou mais alguns recursos criando um projeto espetacular.

Stefan Diez foi convidado a trabalhar com o mestre de bambu Yoshihiro Yamagishi em sua oficina na ilha de kochi, no sul do Japão.

Seu principal foco foi reinterpretar o tradicional banco de bambu, um tipo de assento que ainda é usado em muitos lugares no Japão. A ideia era modernizar para valorizar um trabalho ancestral.

Os móveis foram pensados para serem facilmente montáveis.

Para incrementar o modelo original, foram acrescentados cordas – que dão mais resistência – e vidro. Isso criou um acabamento simples e ao mesmo tempo contemporâneo.

Os móveis de bambu foram desenvolvidos pela iniciativa “Japonês Criativo”, fundada pelo desenhista e diretor de arte Tokaki Hiromura, cujo objetivo era promover a memória e o patrimônio do artesanato nipônico. Para isso, foram convidados designers internacionais a colaborarem com grandes mestres japoneses em projetos de design contemporâneo.

CicloVivo

CONTATO

ASSINAR E-MAIL

Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber notícias e atualizações.

© 2020 Lavorare / websytes

Pesquisar