Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Projeto Territórios da Dignidade

Esta ação é realizada em parceria com o PROJETO TERRITÓRIOS DA DIGNIDADE, que tem como objetivo a difusão de visões de mundo das matrizes indígenas do Brasil como maneira de expressar seus valores e dignidade cultural. A coordenação do PROJETO TERRITÓRIOS DA DIGNIDADE é do escritor e empreendedor social Kaká Werá, apoio da Fundação Verde Herbert Daniel, a coordenação e curadoria em São Paulo é do comunicador e editor de livros Gregor Osipoff e da empresaria de Telhados e Paredes Verdes, Cris Gouvêa.

O Cine Solar é um projeto de cinema itinerante que utiliza energia limpa e renovável: a solar, para realizar exibições de filmes, unindo cinema e sustentabilidade. Gratuito. É um projeto da Ong Brasukah sob a curadoria de Cynthia Alario. Seu lançamento será no Masp com a participação de cineastas indígenas, artistas e é aberto ao público em geral.

A ação Cine Solar Tupã trata-se de uma experiência de valorização da cultura indígena e da produção de cineastas de diversas etnias, onde um furgão equipado com placas solares capazes de gerar a própria energia apresenta filmes em comunidades indígenas.

PROGRAMAÇÃO

18:00h – Apresentação musical indígena
Cristino Wapichana e Cia

18:15h – Abertura realizada por Kaká Werá

18:30h – Exibição dos filmes

PROGRAMAÇÃO

Diorá na Mahsã Buha’ke – A Origem dos Diorá
Ariel Duarte Ortega (Mbya Guarani)
Documentário 5min
LIVRE

História do Monstro Kátpy
Whinti Suya, Kambrinti Suya, Yaiku Suya, Kamikia P. T. Kisedje, Kokoyamaratxi Suya (Kisêdjê)
Ficção 4 min
LIVRE

Ti Ika Nawa – O Viajante Encantado
Acelino Huni Kuin, José Paulo Maná Huni Kuin e Raimundo Paulo Huni Kuin, Takumã Kuikuro (Kuikuro)
Documentário 19 min
LIVRE

Feitiço do Sopro
Agnaldo Diame Marques Peixoto e Ismael Se’rinihi F. Caxias
Documentário 15 min
LIVRE

Marangmotxíngmo Mirang – Das Crianças Ikpeng para o mundo
Karané Ikpeng, Natuyu Yuwipo Txicão e Kumaré Ikpeng (Ikpeng)
Documentário 35 min
LIVRE

Nesta primeira versão os filmes circularão por quatro aldeias indígenas guaranis, entre São Paulo, Paraná e Santa Catarina promovendo um relacionamento lúdico associado a reflexões sobre questões relativas a cultura, valores e cidadania entre a pluralidade étnica e a sociedade brasileira.

CONTATO

    ASSINAR E-MAIL

    Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber notícias e atualizações.

      © 2021 Lavorare / websytes

      Pesquisar