Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Salve a Floresta Amazônica e os povos da floresta!

Se os parlamentares brasileiros estiverem realmente interessados em preservar a Amazônia como patrimônio do povo brasileiro, e dar qualidade de vida às pessoas que moram na região, precisarão fazer o que é certo.

O Partido Verde deixa aos senhores as seguintes contribuições:

1. proibir a implantação de atividades econômicas incompatíveis com a floresta, por exemplo, corte raso de madeira; garimpo; pecuária, sendo admitida apenas a não extensiva e em áreas determinadas após estudos; monocultura, principalmente de soja; e determinadas indústrias minerais;

2. proteger os territórios indígenas, quilombolas e das populações tradicionais;

3. dotar as unidades de conservação de capacidade de gestão do seu território protegido;

4. manter o Fundo Amazônia, com os projetos aprovados pelo Comitê Orientador do Fundo Amazônia (Cofa), de acordo com o modelo de governança aprovado pelas partes, com a participação da sociedade civil;

5. apostar em tecnologia e em empresas limpas;

6. executar o Zoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia, separando as áreas a serem protegidas das áreas destinadas à produção e pesquisando as melhores e mais amigáveis atividades econômicas, que possam conviver harmoniosamente com a floresta preservada;

7. implantar programas sociais de combate à miséria, à pobreza e às desigualdades regionais;

8. implantar amplo programa federal de reflorestamento das áreas degradadas;

9. incluir a população local em atividades econômico-sustentáveis, inclusive com treinamentos e cursos, além de fazer da própria população uma guardiã da floresta, com programas intensivos de educação ambiental;

10. implantar e estruturar os comitês de bacias hidrográficas (CBH) na Amazônia – de acordo com a Lei 9.433, de 1997, que criou o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Singreh) –, adaptados às realidades geográficas, culturais, populacionais, econômicas e de mobilidade.

Salve a Floresta Amazônica e os povos da floresta!

Brasília (DF), 4 de setembro de 2019.

#PVumpartidonecessário

CONTATO

ASSINAR E-MAIL

Inscreva-se com seu endereço de e-mail para receber notícias e atualizações.

© 2020 Lavorare / websytes

Pesquisar